Poesia de quinta (ou de sexta)

Te escrevi uns versos,
mas não vale a pena ler;
são rabiscos chatos
com letras emboladas

São desabafos de um ser;
de uma alma engarrafada,
que tem medo de amar,
mas ama mesmo sem querer

Rimei meu amor com dor,
sem me importar com o clichê;
mas, meu bem, o amor,
pelo que sei, não foi feito pra doer.

Ana Carolina, Lisbelices



- Há 1 ano - 111 notas
[ #cv #lisbela #versejos ]